Área do Associado

ANCINE inicia projeto de capacitação do mercado audiovisual



“Encontros com a ANCINE” acontecem em Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza e Florianópolis, mas programa deverá rodar o país a partir de 2019 de forma permanente

A ANCINE começa nesta quinta-feira, 22, em Fortaleza, dois dias de reuniões e debates com empresas do mercado audiovisual no projeto batizado de “Encontros com a ANCINE”. A ideia é atender à demanda do próprio mercado por conhecer melhor as várias etapas de produção audiovisual e seu acompanhamento pela Agência, especialmente a partir das mudanças já implementadas nos últimos editais e a nova forma de acompanhamento dos projetos que acontecerá a partir de 2019 através de parceria com o Banco do Brasil.

Foi detectado certo desconhecimento de alguns agentes do mercado sobre a trajetória do projeto audiovisual dentro da agência, mesmo entre antigos players. Para entender melhor como a ANCINE pode reduzir ruídos, agilizar processos, aumentar a transparência e minimizar problemas nos mecanismos de fomento e de formatação de projetos, percebeu-se a necessidade de se criar um programa permanente de capacitação de mercado com a cooperação das associações e sindicatos de produtores, distribuidores e programadores de TV.

O projeto se dará em dois dias de seminários com discussões a respeito das principais etapas de concepção, tramitação dos projetos na agência, incluindo a prestação de contas final. Os seminários serão organizados e apresentados por técnicos da ANCINE com larga experiência nos seus setores, incluindo coordenadores das próprias áreas de tramitação.

Inicialmente, o projeto “Encontros com a ANCINE” ocorrerá em quatro cidades, em datas que vão da segunda quinzena de novembro à primeira quinzena de dezembro, totalizando quatro semanas. As cidades serão: Rio de janeiro, São Paulo, Fortaleza e Florianópolis, estas últimas cidades escolhidas pelos dirigentes de CONNE e FAMES, respectivamente. Em 2019, o programa deverá se repetir em outras cidades do país. Um terceiro dia pode ser incorporado, dependendo da necessidade dos agentes locais, para o esclarecimento de problemas e dúvidas mais específicas de projetos já em tramitação na agência.

Os servidores diretamente envolvidos nos “Encontros” são Maurício Bortoloti, que fala sobre “Prestação de contas e a nova execução financeira dos projetos audiovisuais”, Alexandre Gianni, Daniel Mattos, Laís Santoyo, Thais Coelho (“FSA e pontuação automática para fomento”), Flávio Lyra e Carolina Romão (“Análise de Direitos”), Marcos Delfino e Denise Lezo (“Acompanhamento de projetos audiovisuais”). 

Fonte: ANCINE